Fale com a Margarida

Mande uma mensagem para a Deputada que ela
te responderá em breve.

Gabinetes

Brasília - DF

Câmara dos Deputados Anexo IV, Gabinete 236
CEP 70160-900 Fax: (61) 3215-2236
(61) 3215-5236 | (61) 3215-3236

Juiz de Fora - MG

Av. Barao do Rio Branco 2370, 1301
Centro - Cep 36016-910
(32) 3236-2857

Fale com a Margarida

⁠⁠⁠⁠⁠COM TEMER, O BRASIL VAI DE MAL A PIOR

Por Margarida Salomão

Adiar o reajuste dos servidores federais – aprovado pelo Congresso para o 2º semestre de 2018 – sob a alegação de escassez de recursos é mais uma hipocrisia do governo ilegítimo de Michel #ForaTemer. Para se assegurar no poder, as verbas abundam em emendas parlamentares para a base (R$ 1 bilhão), além da promessa de cargo aos fiéis.

A fúria fiscalista de Temer só tem uma finalidade: desmontar o Estado brasileiro e, por conseguinte, minar qualquer suspiro econômico.

Como já alertamos, a Emenda Constitucional 55 vai acabar com o Estado brasileiro. Não há Estado sem investimento. Sem Estado não há como garantir os direitos básicos: educação, saúde e segurança. A Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Federal já reduziram drasticamente ações de patrulhamento. O forte aumento do PIS e COFINS de combustíveis terá grande impacto no consumidor final e ainda onera o transporte de produtos.

O corte nas verbas das universidades que estavam em expansão e nas pesquisas tira o Brasil do ciclo da economia do conhecimento.

Ou seja: no final das contas, as medidas tomadas pelo governo são golpes duríssimos contra a nossa economia. A situação real da economia brasileira hoje é como a de uma pessoa doente, fraca e de cama. Porém, ao invés de fortalecer o corpo, injetar recursos, aquecer a máquina, o governo corta e aumenta os custos da produção.

Temer usa recursos públicos apenas para autopreservação, manter a agenda de retirada de direitos e de garantias sociais. Os números que ele comemora – queda da inflação e dos juros – são frutos de uma recessão prolongada que já levou mais de 14 milhões de pessoas ao desemprego.

Essa situação é inaceitável. O Brasil precisa de um governo legítimo, eleito pelo povo para realizar profundas transformações e continuar o projeto de garantia de direitos conquistados duramente pelos mais pobres ao longo dos últimos anos.

Leia também:

download

Temer parou o Brasil