Fale com a Margarida

Mande uma mensagem para a Deputada que ela
te responderá em breve.

Gabinetes

Brasília - DF

Câmara dos Deputados Anexo IV, Gabinete 236
CEP 70160-900 Fax: (61) 3215-2236
(61) 3215-3236

Juiz de Fora - MG

Av. Barao do Rio Branco 2370, 1301
Centro - Cep 36016-910
(32) 3236-2857

Fale com a Margarida

Ato em contra a reforma da previdência reúne trabalhadores de 40 cidades em JF

Milhares de trabalhadores e trabalhadoras do campo fizeram um ato político no centro de Juiz de Fora contra a Proposta de Emenda à Constituição 287 que propõe o retrocesso com retirada de direitos da classe trabalhadora. O ato teve início às 9h da manhã na Praça dos Três Poderes e seguiu até o início da tarde no Parque Halfeld. “Todo o nosso apoio aos trabalhadores e trabalhadoras do campo nessa luta. Estamos aqui em Brasília para não deixar esse retrocesso acontecer”, destacou a deputada federal Margarida Salomão em mensagem encaminhada ao grupo.

O ato reuniu aproximadamente 2,5 mil pessoas das cidades de Carangola, Fervedouro, Eugenópolis, Miradouro, Muriaé, Patrocínio do Muriaé, Vieras Bom Jardim de Minas, Brás Pires, Divinésia, Guarani, Guidoval, Mercês, Olaria, Paiva, Piraúba, Rio Pomba, Rodeiro, Santa Rita de jacutinga, Senador Firmino, Silverânia, Tabuleiro, Tocantins, Ubá, Visconde do Rio Branco, Acaiaca, Araponga, Cajuri, Canaã, Coimbra, Ervália, Oratórios, Paula Cândido, Pedra do Anta, Ponte Nova, São Miguel do Anta, Teixeiras, Viçosa, Divino, Lima Duarte e Pedro Teixeira.

WhatsApp Image 2017-02-15 at 14.41.46

MOBILIZAÇÃO ESTADUAL

Unidos num só protesto, trabalhadores e trabalhadoras rurais, mobilizados pela Fetaemg, movimentaram o Estado na manhã desta quarta-feira (15) para protestar contra a reforma da Previdência Social, a PEC 287. A manifestação aconteceu simultaneamente nas 13 Gerências Regionais do INSS no Estado, reunindo, em todo, aproximadamente 100 mil trabalhadores e trabalhadoras do campo e da cidade.

Logo cedo trabalhadores e trabalhadoras rurais já estavam a postos. Aos poucos as ruas foram sendo ocupadas e tomadas pela cor verde, representando os trabalhadores do campo para dizer NÃO à reforma da Previdência e nenhum direito a menos! Em todas as regiões os protestos ganharam a simpatia das pessoas que apoiaram a iniciativa. E mais uma vez, a Fetaemg, junto com seus Sindicatos, conseguiram mostrar a sua força de organização e mobilização para lutar contra a reforma da Previdência

 Saiba mais:
Fetaemg mostra sua força de mobilização em ato público contra a PEC 287
Reforma da Previdência é um sério retrocesso, diz presidente da OAB
Reforma da Previdência é uma proposta de aprofundamento da desigualdade

Artigo: Aprofundar injustiças

 

Leia também: