Fale com a Margarida

Mande uma mensagem para a Deputada que ela
te responderá em breve.

Gabinetes

Brasília - DF

Câmara dos Deputados Anexo IV, Gabinete 236,
(61) 3215-5236 - dep.margaridasalomao@camara.leg.br

Juiz de Fora - MG

Av. Rio Branco 2370, 1301, (32) 3236-2857

BELO HORIZONTE - MG
Avenida Barbacena, 1018, sala 805, (31) 3504-9736 margaridasalomao.assbh@gmail.com

Fale com a Margarida

“É um crime o desmonte do sistema de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Superior em Minas Gerais”, afirma Margarida Salomão

“É um crime o desmonte do sistema de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Superior em Minas Gerais. O corte de recursos da Fapemig é outra tragédia diante da qual, estar silente é também assumir uma posição criminosa”, disse a deputada federal Margarida Salomão durante o encontro entre reitores e parlamentares, promovido pela reitoria da Universidade Federal de Minas Gerais e o Fórum de Reitores das Universidades Federais de Minas Gerais, realizado no Campus da UFMG nessa segunda-feira (8), em Belo Horizonte.

Ex-reitora por dois mandatos da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Margarida Salomão reforçou a importância de defender recursos públicos em pesquisa no Brasil e seu compromisso com essa luta frente aos cortes recentes do governo federal no setor. “O último contingenciamento praticamente liquidou a possibilidade de termos Ciência e Tecnologia nesse país. Sem recursos nem para bolsas, não se formam nem times de base muito menos a seleção brasileira”, destacou a parlamentar, mencionando também os impactos da Emenda Constitucional 95.

Novo modelo de desenvolvimento

“O que está em discussão aqui é o futuro, do estado e do país”,  declarou lembrando que ciência e inovação são as melhores possibilidades de se promover o desenvolvimento sustentável. “Eu não tenho dúvida de que isto é fundamental para recuperar o estado, principalmente neste momento em que se escancara a falência do modelo exploratório e depreciativo que o sustentava: a mineração”. A deputada lembrou da capilaridade da rede pública mineira que reúne 11 universidades federais, 5 institutos, o CEFET-MG, além das estaduais UEMG e Unimontes, presentes em vários municípios.

Ela também reforçou que os recursos públicos são cruciais no desenvolvimento de novas tecnologias.

“Steve Jobs foi um gênio, comercial, porque os celulares e outros aparelhos, de fato, foram desenvolvidos pelo setor público americano”, explicou citando que há extensa literatura a esse respeito, dizendo que o capital público é o capital paciente.  Para ela, é necessário fazer essa contranarrativa, porque o capital privado não investe em lugar nenhum do mundo.

Ações em defesa das Universidades

A deputada, que foi presidenta da Frente Parlamentar em Defesa das Universidade Federais, convidou para o  relançamento da Frente Parlamentar em Defesa das Universidades Federais na Câmara, da qual foi presidente, que será no dia 24 de abril. Nesta quarta-feira (10), por sua iniciativa, o ministro Marcus Pontes estará na Comissão de Ciência, Tecnologia e Inovação. “Queremos que ele esclareça sobre como nós iremos para o espaço com os cortes que estamos sofrendo na Capes, CNPQ, Fapemig. Não é apenas corte de recursos novos, mas é cortar o pouco que restou”, finalizou a deputada, pedindo que os dirigentes enviem suas contribuições para a audiência com o ministro.

Também estiveram presentes no encontro:

O reitor da Universidade Federal de Uberlândia, Valder Steffen Júnior,
a reitora Universidade Federal de Viçosa, Nilda de Fátima Ferreira Soares,

reitor da Universidade Federal de São João Del Rei, Sérgio Araújo de Gama Cerqueira

reitora da Universidade Federal de Ouro Preto, Cláudia Aparecida Marliére de Lima
reitor da Universidade Federal do Vale do Jequitinhonha e Mucuri, Gilciano Saraiva Nogueira

reitora da Universidade do Estado de Minas Gerais, Lavinia Rosa Rodrigues
reitor da PUC, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Dom Joaquim  Geiovani  Mol Guimarães

reitor Universidade Federal de Itajub, Dagoberto Alves Almeida –

reitor da Universidade Federal de Juiz de Fora, Marcus David

reitor da Universidade Estadual de Montes Claros, Antônio Alvimar Souza

reitor da Universidade Federal de Alfenas, Sandro Amadeu Cerveira

profa. Dra. Zélia Profeta, diretora da Fiocruz

prof. Dr. Paulo Lacerda Beirão, diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Fapemig

profa. Adelina Martha dos Reis, integrante da Sociedade Brasileira pelo Progresso da Ciência

prof. Mauro Teixeira, integrante da Academia Brasileira de Ciência