Fale com a Margarida

Mande uma mensagem para a Deputada que ela
te responderá em breve.

Gabinetes

Brasília - DF

Câmara dos Deputados Anexo IV, Gabinete 236,
(61) 3215-5236 - dep.margaridasalomao@camara.leg.br

Juiz de Fora - MG

Av. Rio Branco 2370, 1301, (32) 3236-2857

BELO HORIZONTE - MG
Avenida Barbacena, 1018, sala 805, (31) 3504-9736 margaridasalomao.assbh@gmail.com

Fale com a Margarida

Ex-ministro Carlos Gabas explica a verdade sobre a Reforma da Previdência na Câmara de Juiz de Fora

Na próxima sexta-feira (26), o ex-ministro da Previdência Social, Carlos Gabas, estará em Juiz de Fora, junto com a deputada federal Margarida Salomão, participando do debate “A Verdade sobre a Reforma da Previdência”, na Câmara Municipal.

Segundo Gabas, que também é servidor do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), desde 1985, a proposta do governo está totalmente fora da realidade do país e vai espalhar pobreza. “Nós temos o melhor sistema de proteção social do mundo. Mais de 80% dos idosos estão protegidos pela previdência. O governo Bolsonaro destrói completamente este modelo de proteção social construído ao longo dos últimos 100 anos no Brasil. Não há ilusão. Se não tem mecanismos básicos de proteção dos mais pobres, teremos uma crise humanitária”, afirma o ex-ministro.

A deputada federal Margarida Salomão tem feito reuniões nos municípios da Zona da Mata e em Juiz de Fora explicando o impacto dessa reforma para a economia local. Considerando 32 municípios no entorno de Juiz de Fora, os recursos dos beneficiários do Regime Geral da Previdência são superiores aos do Fundo de Participação dos Municípios em 11 localidades, sendo a principal fonte de receitas. “Caso seja aprovada a reforma, com a capitalização, esses recursos vão ficar com os bancos e fundos privados e talvez nunca mais voltem a movimentar a economia. Por consequência vamos ter êxodo para as cidades maiores, acentuação da crise econômica, aumento da demanda por serviços públicos e muita miséria”, alerta a deputada.

Em março de 2019, o plenário da Câmara Municipal aprovou, por unanimidade, Moção de Repúdio contra a Reforma da Previdência. Agora, receberá o debate com o ex-ministro Gabas e a deputada federal Margarida Salomão que será iniciado às 18h30.

Tramitação da reforma

A reforma da Previdência foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) na última terça-feira (23) e terá que passar na Comissão Especial, antes de ir em votação no Plenário. Como é uma emenda à Constituição, a proposta será submetida a dois turnos de votação e só será aprovada se, nas duas votações, tiver os votos de pelo menos três quintos dos deputados: 308 dos 513.

Quem é Carlos Gabas? 

Carlos Eduardo Gabas foi ministro da Previdência Social do Brasil, entre março de 2010 e janeiro de 2011 e entre janeiro e outubro de 2015. Gabas também refuta a ideia de que a capitalização seja a solução moderna. “Apenas 30 países no mundo adotaram essa porcaria [a capitalização]. Desses, 18 já desfizeram e 12 estão tentando desfazer, porque não é simples”. O ex-ministro cita o caso do Chile. Em 1980, com a mesma retórica usada aqui quase 40 anos depois, a capitalização foi apresentada como solução moderna. “Pinochet prometeu aumentar o emprego, aumentar o salário e aumentar a aposentadoria. Não veio nada disso e, 38 anos depois, o Chile é o país com taxa recorde de suicídios de idosos no mundo. Isso é muito triste.”