Fale com a Margarida

Mande uma mensagem para a Deputada que ela
te responderá em breve.

Gabinetes

Brasília - DF

Câmara dos Deputados Anexo IV, Gabinete 236,
(61) 3215-5236 - dep.margaridasalomao@camara.leg.br

Juiz de Fora - MG

Av. Rio Branco 2370, 1301, (32) 3236-2857

BELO HORIZONTE - MG
Avenida Barbacena, 1018, sala 805, (31) 3504-9736 margaridasalomao.assbh@gmail.com

Fale com a Margarida

Margarida apoia protesto da CUT contra PL da Terceirização

Manifestação

Manifestantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT) foram impedidos de forma violenta de entrar no anexo II do plenário 1 da Câmara dos Deputados nesta terça-feira, 3 de setembro, em Brasília. O grupo pretendia acompanhar a reunião da Comissão de Constituição e Justiça que discutiria o Projeto de Lei 4330/04 que regulamenta as terceirizações.

Segundo nota da CUT, os representantes da Central foram barrados pelas polícias Militar e Legislativa. A entidade denuncia uso de gás de pimenta, cassetete e bombas. Segundo a Central, cerca de três mil militantes estavam presentes.

A Câmara informa que a Polícia Legislativa estava permitindo a entrada de um manifestante por vez, a fim de evitar tumultos. Assim que o anexo ficou cheio, não foram permitidas mais entradas. A votação do PL 4330/04 não estava na pauta da reunião da CCJ desta terça-feira, mas poderia entrar em caso de entendimento entre os deputados. A reunião foi encerrada por falta de quorum.

A deputada federal Margarida Salomão (PT-MG) apoia o protesto organizado pela CUT contra o PL da Terceirização. Para ela, o grupo tem plena liberdade de se manifestar e não pode ser reprimido com violência. “Esta é uma pauta com a qual eu já havia me comprometido e reitero esta posição. Sou contrária ao PL 4330/04 e favorável a qualquer ato político reivindicatório pautado na ordem. Assumo, portanto, uma postura de defesa dos trabalhadores que ali estiveram para acompanhar os trabalhos da CCJ.”