Fale com a Margarida

Mande uma mensagem para a Deputada que ela
te responderá em breve.

Gabinetes

Brasília - DF

Câmara dos Deputados Anexo IV, Gabinete 236,
(61) 3215-5236 - dep.margaridasalomao@camara.leg.br

Juiz de Fora - MG

Av. Rio Branco 2370, 1301, (32) 3236-2857

BELO HORIZONTE - MG
Avenida Barbacena, 1018, sala 805, (31) 3504-9736 margaridasalomao.assbh@gmail.com

Fale com a Margarida

Margarida defende qualificação para docentes em encontro com ministro da Educação

Margarida na Comissão

Em audiência na Comissão de Educação, na manhã desta terça, 10, a deputada federal Margarida Salomão (PT-MG) indicou ao ministro da Educação, Aloizio Mercadante, a priorização de ações para a formação dos professores. De acordo com a parlamentar, as recentes políticas empreendidas pelo Governo Federal, como o Pacto pela Alfabetização na Idade Certa e a extensão de creches do programa Brasil Carinhoso, exigem que o país forme e prepare cada vez melhor o magistério.

Durante o encontro, a parlamentar também discutiu com o ministro sobre a possibilidade de o Governo ampliar a oferta de cursos de mestrado profissionalizante. “O crescimento econômico que temos vivido nos últimos anos têm exigido do país a necessidade de qualificar nossa mão de obra cada vez melhor e de forma mais ágil. O mestrado profissionalizante é uma excelente alternativa para tal”, ponderou.

Mercadante compareceu à Comissão de Educação para realizar um balanço sobre as políticas empreendidas pelo Ministério da Educação (MEC). De acordo com Margarida, o ministro fez uma análise muito persuasiva das ações, e foi muito feliz ao lembrar da necessidade de se ampliar ainda mais o volume de recursos para a pasta.

“Nos últimos anos, conseguimos elevar o orçamento da Educação para 6% do PIB. No entanto, nosso Plano Nacional de Educação prevê que este total suba para 10%. Como o ministro Mercadante bem ressaltou, isso será impossível caso não destinemos 100% dos royaties das futuras concessões de petróleo para a Educação. Vamos continuar lutando por isso”, concluiu.