Fale com a Margarida

Mande uma mensagem para a Deputada que ela
te responderá em breve.

Gabinetes

Brasília - DF

Câmara dos Deputados Anexo IV, Gabinete 236
CEP 70160-900 Fax: (61) 3215-2236
(61) 3215-3236

Juiz de Fora - MG

Av. Barao do Rio Branco 2370, 1301
Centro - Cep 36016-910
(32) 3236-2857

Fale com a Margarida

Margarida já destinou R$ 31 milhões em ações por toda Juiz de Fora

A deputada federal Margarida Salomão, majoritária em Juiz de Fora, realizou um encontro com mais de 300 lideranças na última segunda-feira (4) para prestar contas de sua atuação parlamentar e pelo desenvolvimento da cidade. Em sua fala, a ex-reitora da UFJF deixou claro que defende que quem tem um mandato popular obedece ao povo, vota e trabalha para melhorar as condições de vida de todos. Por isso, além das suas posições na Câmara, a deputada indica recursos por emendas parlamentares de acordo com a escolha da população. Ao todo, para Juiz de Fora, ela já destinou R$ 31 milhões para mais de uma centena de ações espalhadas por todas as regiões da cidade.

“As emendas são recursos públicos que pertencem ao povo. Na democracia, soberana, as pessoas definem o que fazem com o dinheiro. O povo ajuda a definir o orçamento. Um mandato não é uma coisa de uma pessoa, é a construção de muitos, principalmente, daqueles que conversam, demandam, reivindicam, reclamam e contribuem, com seu conhecimento e necessidade, para que possamos realizar todas essas ações”, destacou a parlamentar, apresentando uma revista-relatório das emendas que beneficiam o município.

Os investimentos contemplam lutas históricas das comunidades, como o retorno do atendimento especializado na antiga Policlínica de Benfica, a instalação das Unidades Básicas de Saúde do Manoel Honório e Parque Independência; academias ao ar livre por toda a cidade e o Programa Esporte e Lazer da Cidade (PELC); equipamentos para as polícias civil e militar, modernização do Centro Integrado de Operações da Polícia Militar (COPOM), um projeto de mais de R$ 1 milhão; projetos sociais com futebol, mecânica e artes; recursos para a Superintendência Regional de Ensino para equipar escolas, intermediando liberação de recursos para reforma e construção das escolas estaduais e destinando verbas para ampliação de salas e reforma de quadras nas escolas municipais. Na cultura, a deputada financiou equipamentos e reformas dos principais teatros da cidade, incluindo o Paschoal Carlos Magno e movimentou a produção cultural destinando verbas para o Miss Brasil Gay e Semana Raimbow, o Som Aberto da UFJF, Festival Primeiro Plano, Ponto do Samba, entre outros.

Além de reconhecer o trabalho da primeira deputada mulher eleita em Juiz de Fora, o eventotambém debateu a importância da política, da democracia, da representação feminina e das lideranças comunitárias para a construção de um mandato popular que de fato trabalhe para mudar a vida das pessoas.

“Eu votei contra o impeachment. O golpe abriu a porta do inferno. Tudo o que está acontecendo é porque a Dilma saiu. Por outro lado, eu votei duas vezes para tirar o Temer e teve gente que votou para ele ficar. Eu também votei para não mudar a política de preços da Petrobras. Quanto subiu a gasolina nos quatorze anos de governo do PT, com Lula e Dilma? Vinte e quatro centavos. Só semana passada, subiu quatorze vezes. A política da Petrobras, de repente, entra dentro da sua casa, no seu botijão de gás, no preço do ônibus, entra no abastecimento dos mercados”, lembrou a deputada.

A mesa contou com representantes de todas as regiões da cidade que em seus discursos parabenizaram e reconheceram o empenho e credibilidade da parlamentar, do secretário-executivo do Conselho Municipal de Saúde, Jorge Ramos, que destacou a forma como as emendas para a Saúde são debatidas e indicadas respeitando as decisões do conselho, além do vereador Betão e do presidente do PT Renê Mattos.Template_Site2-1000x268

Elas por Elas

A plenária desta segunda-feira faz parte do Projeto Elas Por Elas, criado coletivamente em nível estadual e nacional pela Secretária de Mulheres do Partido dos Trabalhadores, com a finalidade de oferecer condições políticas e materiais para a consolidação de lideranças mulheres, assim como fortalecer e dar visibilidade para as lideranças femininas já consolidadas.