Fale com a Margarida

Mande uma mensagem para a Deputada que ela
te responderá em breve.

Gabinetes

Brasília - DF

Câmara dos Deputados Anexo IV, Gabinete 236,
(61) 3215-5236 - dep.margaridasalomao@camara.leg.br

Juiz de Fora - MG

Av. Rio Branco 2370, 1301, (32) 3236-2857

BELO HORIZONTE - MG
Avenida Barbacena, 1018, sala 805, (31) 3504-9736 margaridasalomao.assbh@gmail.com

Fale com a Margarida

Margarida Salomão é quem mais faz por Juiz de Fora

A deputada federal Margarida Salomão já indicou mais de R$ 43 milhões para beneficiar diretamente Juiz de Fora ao longo de sua trajetória parlamentar. Só para o ano de 2019, foram R$8,8 milhões para o município. A indicação desses recursos sempre são definidos após muitas reuniões com as comunidades, conselhos e organizações comunitárias. As verbas serão aplicadas na reforma com ampliação da Unidade Básica de Saúde do bairro São Pedro, reforma da UBS Linhares, asfaltamento de ruas na Cidade Alta, reforma do campo do bairro São Benedito, construção de quadra no São Bernardo, entre muitas outras ações sociais.

“As emendas são recursos públicos que pertencem ao povo. Na democracia, soberana, as pessoas definem o que fazem com o dinheiro. O povo ajuda a definir o orçamento. Um mandato não é uma coisa de uma pessoa, é a construção de muitos, principalmente, daqueles que conversam, demandam, reivindicam, reclamam e contribuem, com seu conhecimento e necessidade, para que possamos realizar todas essas ações”, destacou a parlamentar.

Confira um resumo da atuação da deputada por setor: 

Saúde – R$ 16 milhões

Margarida atende a demandas antigas e fundamentais das comunidades, tais como o pleno funcionamento do Centro de Especialidades na Policlínica de Benfica, a construção das Unidades Básicas de Saúde do Parque Independência e do Manoel Honório.

Na Zona Norte, Policlínica de Benfica recebeu uma emenda da deputada no ano de 2015, no valor de R$ 435 mil para reforma do local. Metade do valor (cerca de R$217 mil) já foi depositado na conta da Prefeitura. A licitação já foi feita. Neste ano, Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) e a construtora vencedora estão se organizando para começarem, de fato, as obras.

As emendas do Parque Independência, no valor de R$ 750 mil e a do Manoel Honório, no valor de R$ 1,045 milhão, são de 2017 e 2018 respectivamente. As duas emendas já estão cadastradas no sistema. No dia 6 de junho deste ano elas foram liberadas para licitação e a PJF está realizando alguns ajustes para começar o processo licitatório.

Margarida também indicou recursos para a reforma da Regional Leste. É uma emenda no valor de R$480.500. O recurso já foi creditado, passou pelo processo de licitação e a previsão de começo da reforma é para o início do segundo semestre.

Na Cidade Alta, Margarida indicou recursos para a reforma e ampliação da UBS do bairro São Pedro. São mais de R$ 600 mil para obra no local. A proposta já foi aprovada e falta a Prefeitura cumprir os trâmites legais para que a execução da obra seja realizada. Além disso, Margarida indicou outros R$ 500 mil para reformas na UPA Santa Luzia e São Pedro. A licitação para a execução das obras já está sendo realizada.

Educação, ao todo: R$ 5,8 milhões
Para defender o desenvolvimento da nossa região, a professora e deputada federal Margarida Salomão coloca sempre a educação em primeiro lugar. Em Brasília, ela é presidenta da Frente Parlamentar em Defesa das Universidades Públicas e luta pela manutenção do Ensino superior público, autônomo, gratuito e de qualidade. Em nossa cidade, investe recursos de emendas parlamentares para ampliar, reformar e equipar escolas municipais e estaduais. São 63 escolas em Juiz de Fora que receberão equipamentos, reforma ou ampliação com verbas da deputada.

Só neste ano de 2019, os recursos serão aplicados em diversos projetos e ações. A verba de  R$ 1 milhão será investida nas reformas de escolas municipais (E.M. Paulo Japiassu; E.M. Afonso Maria; E.M. Augusto Gotardelo; E.M. Marlene Barros e E.M. Jeronimo Vieira),

No Ensino Superior, Margarida já indicou R$ 800 mil para IF Sudeste – Campus Juiz de Fora e garante emendas para a UFJF, que precisa de verbas para os serviços e projetos que atendem à população, nas mais diversas áreas.

Desenvolvimento Social – R$ 5,3 milhões

Margarida Salomão sempre teve sensibilidade com o desenvolvimento social. Quando reitora, em outros tempos difíceis, no governo FHC, ela criou projetos fundamentais nessa área que, recentemente, foram retomados com a contribuição das suas emendas parlamentares. São R$ 4,7  milhões em projetos de extensão em parceria com a UFJF,  que por meio de capacitação e organização coletiva, aumentam o potencial das pessoas e transformam o seu cotidiano. Alguns exemplos desses projetos e programas são: cursos de idioma e libras, “Boa Vizinhança”, Domingo no Campus, projetos de agroecologia como a  Associação de Artesãos Caminho Novo; Associação de Reciclagem e Artesanato (LIXARTE), Coletivo de Apicultores de Juiz de Fora e Região, Coletivo de mulheres “Feito por Mim”, Feira de Economia Solidária (FECOSOL), Monte de Gente Interessada em Cultivo Orgânico (MOGICO) e apoio ao Movimento Sem Terra (MST).

Além disso, Margarida tem compromisso com a assistência social aos juiz-foranos em condições de vulnerabilidade. Ela destinou recursos para equipar o Centro de Referência  e Assistência Social (Cras) com veículos e equipamentos; verbas para a Construção do Centro Dia Idoso (Núcleo de Políticas do Idoso), para formação de Mulheres em situação de vulnerabilidade social para o mundo do trabalho e a Casa da Mulher de Juiz de Fora.

Esporte, ao todo, R$ 4,15 milhões 

Construir e revitalizar espaços públicos para convivência, lazer e práticas esportivas são ações fundamentais para uma parlamentar comprometida com a comunidade.  Margarida indicou R$ 2,59 milhões  para construções, reformas e transformações de equipamentos esportivos em todas as regiões da cidade sejam eles quadras ou campos de futebol, praças ou as academias ao ar livre. Além disso, mais de R$ 1,5 milhão foi investidos em projetos esportivos. São R$ 920 mil em projetos de extensão, em parceria com a Universidade Federal de Juiz de Fora, como o Futebol UFJF, Voleibol UFJF, iniciação ao Atletismo, Iniciação à Ginástica Rítmica e Artística, “Ginástica para a melhor idade”, entre outros. A deputada é responsável também pelas verbas  Programa de Esporte e Lazer da Cidade, que oferece atividades para centenas de pessoas por dia. Para 2019, a deputada conseguiu recursos para a implementação de um projeto para a promoção e apoio ao desenvolvimento do futebol e futsal masculino e feminino na cidade, em parceria com a PJF.

Segurança, ao todo: R$ 4,04 milhões

Para a Polícia Militar, este ano, está sendo destinado a segunda emenda para o projeto do Centro de Operações Policiais Militares (COPOM) que, ao todo, contempla mais de R$ 1,1 milhão para a modernização do atendimento do 190, ou seja, mais inteligência na distribuição das equipes da Polícia Militar. Também há recursos para aquisição de viaturas tanto para a Polícia Civil quanto para a Polícia Militar, incluindo uma viatura adaptada para a Zona Rural. A deputada investiu também recursos para ampliação do Centro Socioeducativo,  aparelhamento da penitenciária Ariosvaldo de Campos Pires e do setor feminino do Ceresp. A perícia da Polícia Civil também receberá novos equipamentos de informática e um equipamento de precisão na análise toxicológica (sistema de espectrometria infravermelha).

No último dia  7 de junho, a deputada também entregou para os Bombeiros o mais moderno caminhão da frota, efetivo tanto no combate aos incêndios (com triplo da capacidade de armazenamento de água do  caminhão mais potente atualmente), quanto nas operações envolvendo outras emergências e acidentes.

Cultura, ao todo: R$ 2,45 milhões

A deputada indicou mais de R$ 1 milhão para reformar e equipar espaços culturais, distribuídos entre Cine Theatro Central,Centro Cultural Bernardo Mascarenhas e Pró-Música. Além disso, só em 2019, foram R$ 185 mil para fomentar os projetos Ponto do Samba, Semana Rainbow, Festa Alemã e o festival de cinema Primeiro Plano. No total, ela indicou mais de R$ 1,435 milhão para fomentar a produção, financiando projetos, eventos e festivais na cidade, com públicos diversificados, como eventos de hip hop, teatro (Edital de Circulação de Artes Cênicas), literatura (Bienal do Livro de Juiz de Fora), Dança (JF em Dança), entre outros.

Mobilidade Urbana – Mais de R$ 2 milhões . Margarida indicou recursos para a pavimentação de vias nos bairros São Pedro, Marilândia e Vale do Ipê. A proposta foi aprovada pelo ministério e o plano de trabalho está sendo analisado.

Agropecuária, ao todo:  R$ 1,7 milhão

A parlamentar acredita que o trabalho no campo é fundamental para o crescimento da nossa cidade e da nossa região. O desenvolvimento econômico e social na zona rural é melhora a distribuição de renda, além de assegurar alimentos com qualidade para a população. São recursos para aquisição de dois tanques, três caminhões, equipamentos agrícolas, recursos para projetos sobre reforma agrária com MST, investimento na revitalização do ambiente de empreendedorismo e inovação da EPAMIG/Instituto de Lacticínios Cândido Tostes, além de verbas para investimento em residência de zootecnia da Embrapa.

Desenvolvimento econômico por meio da inovação, ao todo, R$ 640 mil

Margarida Salomão é autora da Emenda Constitucional 85, que reduziu os obstáculos burocráticos para a pesquisa e inovação entre o Estado e as instituições de pesquisa públicas e privadas. A deputada, que também é pesquisadora, defende o fomento à produção de inovações tecnológicas para que possamos ingressar e competir no novo ciclo do desenvolvimento industrial, a economia  do conhecimento. A deputada investiu em projetos inovadores, via UFJF, para desenvolver a economia da região como o Start Up JF e o Co-working da UFJF.