Fale com a Margarida

Mande uma mensagem para a Deputada que ela
te responderá em breve.

Gabinetes

Brasília - DF

Câmara dos Deputados Anexo IV, Gabinete 236,
(61) 3215-5236 - dep.margaridasalomao@camara.leg.br

Juiz de Fora - MG

Av. Rio Branco 2370, 1301, (32) 3236-2857

BELO HORIZONTE - MG
Avenida Barbacena, 1018, sala 805, (31) 3504-9736 margaridasalomao.assbh@gmail.com

Fale com a Margarida

Margarida Salomão faz apelo à prefeitura de Juiz de Fora e à Câmara para manter empregos dos trabalhadores e trabalhadoras da educação

Suspensão de contratos sem pagamentos de vencimentos de 2800 funcionários contratados pode ampliar a tragédia social da pandemia em Juiz de Fora

Deputada majoritária de Juiz de Fora, a professora Margarida Salomão fez um pedido ao Executivo e ao Legislativo do município de revisão da possível suspensão de contratos sem pagamento dos vencimentos de aproximadamente 2800 professores, coordenadores pedagógicos e secretários escolares da educação na cidade, nesta terça-feira, pela manhã em suas redes sociais.

“Além das 55 mortes confirmadas pelo Covid-19, enfrentamos também a tragédia social.  Quero fazer um apelo ao prefeito Almas e à Câmara de Vereadores: examinem esse assunto com a delicadeza que merece. Não podemos suspender a remuneração de metade dos trabalhadores e trabalhadores da educação de Juiz de Fora, porque as mudanças no processo pedagógico com o distanciamento social vão carecer do trabalho dos contratados. Independentemente disso, essa medida amplia a tragédia social”, destacou a deputada, lembrando que o socorro aos estados e municípios foi aprovado e sancionado também com a finalidade de ajudar os entes com suas obrigações na folha de pagamento.

Sensibilizada com o fechamento de salões e demissões de mais 2.500 profissionais do setor de beleza, a deputada reforçou o posicionamento da bancada dos deputados e deputadas do Partido dos Trabalhadores no período de pandemia no Congresso, favorável a medidas para geração de renda para todos os setores, dos empresários aos trabalhadores, além de outras ações como o auxílio-emergencial e a Lei Aldir Blanc. “Nós defendemos o ‘ninguém demite ninguém'”, reforçou, destacando a votação dessa terça-feira, da Medida Provisória 944/20, que concede uma linha de crédito especial para pequenas e médias empresas pagarem sua folha de salários em meio à crise causada pela pandemia do novo coronavírus.

“Minha posição é em defesa do trabalho e em defesa das empresas e do município. É necessário agir com coragem e generosidade nessa pandemia”, finalizou.