Fale com a Margarida

Mande uma mensagem para a Deputada que ela
te responderá em breve.

Gabinetes

Brasília - DF

Câmara dos Deputados Anexo IV, Gabinete 236
CEP 70160-900 (61) 3215-5236 dep.margaridasalomao@camara.leg.br

Juiz de Fora - MG

Av. Barao do Rio Branco 2370, 1301
Centro - Cep 36016-910
(32) 3236-2857

BELO HORIZONTE - MG
Avenida Barbacena, 1018, sala 805, Santo Agostinho CEP 30190-131
(31) 3504-9736 margaridasalomao.assbh@gmail.com

Fale com a Margarida

Margarida Salomão investe R$ 2,27 milhões na Cultura de Juiz de Fora

Em períodos de crise, como o atual, a Cultura é um dos primeiros setores a sofrer com os cortes. Em Juiz de Fora,  a Lei Murilo Mendes já não é realizada há três anos. A deputada federal Margarida Salomão já indicou mais de R$ 2,27 milhões para o setor, incluindo recursos para reforma de equipamentos e incentivo à produção cultural. A mais recente ação cultural da deputada para a cidade serão “Editais de circulação Dança e Teatro”, no valor de R$ 50 mil.

A previsão é que eles sejam publicados ainda em julho, e o resultado divulgado em agosto. A expectativa é que a circulação dos espetáculos aconteça nos meses de outubro e novembro e as apresentações de contrapartida em Juiz de Fora sejam em dezembro.

 

Confira a atuação da deputada para a cidade na Cultura

Eventos LGBT+ Em 2017, a deputada destinou R$ 100 mil para que o Miss Brasil Gay voltasse a ser realizado na cidade, depois de quatro anos sem o evento. Em 2018, indicou R$ 200 mil para para a II Semana Rainbow da UFJF e para a finalização do documentário Miss, que reconta toda a trajetória do concurso.

Som Aberto O projeto da Pró-Reitoria de Cultura da UFJF também recebeu recursos de emenda parlamentar. A Praça Cívica fica cheia, uma vez por mês, com apresentações de música gratuita, valorizando artistas locais e trazendo grandes nomes como a banda Tianastácia e o músico Lô Borges, entre outras atividades.

Deutsches Fest – Festa Alemã Patrimônio cultural de Juiz de Fora, há 23 anos, movimenta o Bairro Borboleta e contará, com o apoio da parlamentar por meio de projeto da faculdade de Turismo da UFJF em 2019.

Música – A valorização da produção musical dos compositores de Juiz de Fora e da Zona da Mata é compromisso de Margarida Salomão. São muitos projetos musicais apoiados pela deputada em Juiz de Fora, tais como o Ponto de Samba, Samba do Ministro e Circuito Música da Cidade

Madrinha do samba
 – O projeto de extensão da UFJF “Ponto do Samba” celebra e preserva a memória do samba na cidade. Em 2018, uma nova edição já está assegurada por meio de emendas da deputada. Já foram produzidos dois CD’s mesclando compositores consagrados com novos artistas. Também dentro do projeto foram realizados shows com a presença de sambistas como Alessandra Crispin, Carlos Fernando,  Roger Resende e muitos outros.

 

SHOWS PELA CIDADE

As emendas da deputada viabilizaram os shows do Samba do Ministro, no Jardim Glória, e do Circuito Música da Cidade, que aconteceu em outros espaços públicos. Os artistas, grupos e bandas foram selecionados por meio de edital da Funalfa e contemplados com R$ 5 mil para cada apresentação.

Samba das Vilas Resgatando o espaço de cultura e lazer, que hoje não se faz mais presente devido ao fechamento da Escola de Samba Juventude Imperial, a oficina será destinada aos moradores dos bairros: Vila Furtado de Menezes, Vila Olavo Costa, Vila Ideal, Vila Ozanam, Solidariedade e Poço Rico.

OUTROS PROJETOS APOIADOS

HIP HOP – Apoio ao coletivo Vozes da Rua, do Santa Cândida, e fomento a projetos da cultura hip hop e dança de rua, como o Hiphopologia, City Of Break e Remiwl Base, além do financiamento do Edital de Artes Urbanas (Funalfa/2018)

TEATRO  – Recursos para o Edital de Circulação de Artes Cênicas (Funalfa/2018) e para aulas básicas de teatro, montagem de texto, com espetáculo final, para crianças da Zona Norte nos projetos artísticos como InventAção apresentado no Centro Cultural Benfica e Santa Lúcia em Cena.

DANÇA – Recursos para o JF em Dança (Funalfa/2018), que oferecerá oficinas, pesquisa e criação de projetos cênicos em dança, previsto para este ano, e para projetos comunitários como o Ballet Solidário(foto), que atende crianças e adolescentes no bairro Grajaú.

AUDIOVISUAL – Emenda parlamentar para a realização do Festival Primeiro Plano (Luzes da Cidade 2017/2018) que apresenta obras de diretores estreantes e longas inéditos, além de do Edital de Curtas (Funalfa) que viabilizou cinco projetos com produtores locais. Incentivo à comunicação comunitária, em especial às rádios, por meio da UFJF, para capacitação, formulação de projetos, programação, modosde operação, debates sobre legalidade e desenvolvimento da Web Rádio Escola.

LITERATURA – Apoio à 1a Bienal do Livro de Juiz de Fora (2016), à publicação de livros infantis encaminhados a escolas públicas da cidade, como o “Encantadora de Borboletas” e ao Prêmio Municipal de Literatura (Funalfa/2018).

COMUNICAÇÃO – Incentivo à comunicação comunitária, em especial às rádios, por meio da UFJF, para capacitação, formulação de projetos, programação, modosde operação, debates sobre legalidade e desenvolvimento da Web Rádio Escola.