Fale com a Margarida

Mande uma mensagem para a Deputada que ela
te responderá em breve.

Gabinetes

Brasília - DF

Câmara dos Deputados Anexo IV, Gabinete 236
CEP 70160-900 Fax: (61) 3215-2236
(61) 3215-3236

Juiz de Fora - MG

Av. Barao do Rio Branco 2370, 1301
Centro - Cep 36016-910
(32) 3236-2857

Fale com a Margarida

Margarida tem apoio de lideranças comunitárias em seu mandato participativo

02-20 1a Plenaria - Credito - Antonio Augusto Alvarenga

A deputada federal Margarida Salomão (PT-MG) inaugurou seu mandato nesta terça-feira, da mesma forma que pretende trabalhar: ouvindo a comunidade. Durante a primeira, de uma série de reuniões que serão agendadas com lideranças comunitárias de Juiz de Fora e região, Margarida destacou a importância de um mandato participativo e convidou cada um para ser o que ela intitulou de Conselheiro Comunitário do Mandato. Essas pessoas, segundo ela, terão um papel importante, ouvindo as demandas de seus bairros e reportando-as nesses encontros. “Estamos iniciando uma jornada de representação do povo, uma jornada de muito trabalho”, destacou a deputada, defendendo um mandato diferente.

Durante o evento, que reuniu cerca de 160 pessoas, moradores de diversos bairros expuseram suas expectativas com relação ao mandato. Para a parlamentar, a reunião mostrou que as pessoas querem falar e expor seus problemas publicamente. Ela ressaltou que as ideias acabam convergindo para pontos comuns. Temas como saúde, educação, segurança pública, telefonia na zona rural e a questão carcerária foram algumas das pautas levantadas. Margarida se comprometeu a fazer o que for possível dentro de sua competência na Câmara Federal para solucionar esses problemas. Entretanto, não se esquivou de tentar resolver o que não for de sua alçada. “Cabe a mim, como deputada, denunciar o que eu não tiver capacidade de resolução. Denunciar também é papel do parlamentar”, explicou.
O pastor Francisco Barbosa, da Assembleia de Deus Philadelfia, qualificou o encontro como excelente. “A deputada fez aqui algo que eu não tenho conhecimento que outro político faça. Ela se dispôs a ouvir as lideranças comunitárias. Isso mostra que ela está para fazer um bom mandato e, melhor ainda, junto com a sociedade”. O líder religioso acredita que o mandato de Margarida fará diferença. “Vamos caminhando com ela para fazer a diferença na nossa cidade e na região”.
Com ele concordou a psicóloga Edna Simples. “Podemos ver o quanto Margarida se preocupa com a questão social quando participamos de uma reunião como esta”. Ela se diz esperançosa com relação ao futuro da cidade, com Margarida na Câmara. “Tudo que eu queria para Juiz de Fora, sei que ela vai se empenhar em fazer em Brasília. Margarida é uma pessoa preparada, com conhecimento, coerência política e, acima de tudo, de uma simplicidade enorme”.
A juventude também teve representantes. O estudante Mateus Coelho espera que, nesses dois anos, a deputada consiga trabalhar em projetos importantes como a Reforma do Ensino Médio, e que isso não fique limitado a Brasília. “Acho muito importante que, além de fazer, ela traga essas pautas ao conhecimento da população”. Para ele isso é necessário porque, “a mídia não faz um processo de politização adequado”.
A líder comunitária Adenilde Petrina compartilha do mesmo pensamento de Mateus sobre a mídia e politização. “É preciso mostrar às pessoas que política não é o que a mídia diz, essa sujeira, mas sim a organização das pessoas pelo bem comum. Esse tipo de encontro marca um trabalho de politização, conscientização e responsabilização da população muito necessário”. Ela também aplaudiu a atitude de Margarida que se prontificou a realizar encontros nas comunidades para ouvir as pessoas e informar o que está sendo feito na Câmara. “Acho positivo o fato de a deputada se dispor a ir às comunidades, desmistificando qualquer coisa sobre a gente que vive lá”.
No dia 9 de março uma grande plenária vai consolidar os grupos e conselhos de participação que se formarem nesses encontros.