Fale com a Margarida

Mande uma mensagem para a Deputada que ela
te responderá em breve.

Gabinetes

Brasília - DF

Câmara dos Deputados Anexo IV, Gabinete 236
CEP 70160-900 Fax: (61) 3215-2236
(61) 3215-3236

Juiz de Fora - MG

Av. Barao do Rio Branco 2370, 1301
Centro - Cep 36016-910
(32) 3236-2857

Fale com a Margarida

“Não existe ‘volta Lula'”, afirma deputada Margarida Salomão

A deputada federal Margarida Salomão (PT-MG) está nesta sexta-feira, 2 de maio, na cidade de São Paulo, participando do Encontro Nacional de Tática Eleitoral do Partido dos Trabalhadores. Delegada do evento escolhida no Processo de Eleição Direta (PED) 2013, Margarida considerou o encontro uma prova de que não há qualquer possibilidade de o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva ser candidato à eleição este ano. “Não existe ‘volta Lula’. A presença de ambos na abertura oficial do encontro, juntos, discutindo o futuro do país, tem este claro significado. O ‘volta Lula’ está sendo alimentado pela mídia com o exclusivo objetivo de desgastar a imagem de Dilma. O encontro é prova de que o PT está unido e coeso pela reeleição de Dilma, tendo Lula como nosso fiador e líder natural do partido.” O encontro que segue até o sábado, 3 de maio, vai debater e aprovar o texto de Tática e Estratégia Eleitoral e as Diretrizes do Programa de Governo Dilma.

Ao longo desta tarde, o grupo de 800 delegados discutiu a transformação pela qual o Brasil tem passado desde 2003, com os governos do PT; o acesso à cidadania e o desejo de mais transparência e de mais democracia. A política econômica também foi pauta, com a apresentação do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) — 4,4 vezes em 11 anos — e a queda do índice de inflação, de 12,5% ao ano na época de Fernando Henrique Cardoso para 5,9% ao ano com Dilma. Entre os momentos destacados por Margarida está o aumento das oportunidades discutido no encontro. “O Brasil continuará oferecendo oportunidades a seus filhos, com o Brasil Sem Miséria, o Pronatec, mais vagas nas universidades e o Minha Casa Minha Vida.” A deputada menciona ainda a luta contra a discriminação e a violência. “Estes prejuízos são retratos da desigualdade de renda, de gênero e de raça. Nosso foco deve ser sempre pela universalização dos direitos.”

O encontro possibilitou ainda a discussão sobre os investimentos em infraestrutura no Brasil, com a realização de 82% das metas da segunda etapa do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC 2). “O governo Dilma é o claro sinal de que não existe contradição entre crescer, incluir, proteger e conservar”, considera Margarida.

Os discursos da presidenta Dilma e do ex-presidente Lula serão transmitidos, ao vivo, a partir das 19 horas, e podem ser assistidos abaixo