Fale com a Margarida

Mande uma mensagem para a Deputada que ela
te responderá em breve.

Gabinetes

Brasília - DF

Câmara dos Deputados Anexo IV, Gabinete 236
CEP 70160-900 (61) 3215-5236 dep.margaridasalomao@camara.leg.br

Juiz de Fora - MG

Av. Barao do Rio Branco 2370, 1301
Centro - Cep 36016-910
(32) 3236-2857

BELO HORIZONTE - MG
Avenida Barbacena, 1018, sala 805, Santo Agostinho CEP 30190-131
(31) 3504-9736 margaridasalomao.assbh@gmail.com

Fale com a Margarida

“Não só o golpe, mas também a campanha de despopularização da Dilma foi machista e misógina”, afirma Margarida Salomão

A mesa temática Feminismo e Resistência democrática: a luta das mulheres contra o golpe reuniu mulheres progressistas no auditório do Conselho Regional de Engenharia Arquitetura e Agronomia de Minas Gerais (CREA-MG) nesta sexta-feira (12). “O golpe removeu a única mulher da presidência. Nenhuma de nós tem dúvida de que o golpe foi machista e misógino. Não só o golpe, mas também a campanha de despopularização da presidenta Dilma Rousseff foi completamente machista e profundamente misógina”, afirmou durante seu discurso a deputada federal Margarida Salomão.
O evento foi organizado pela Secretaria Estadual de Mulheres do PT- MG.  Durante o encontro também discursaram: a deputada estadual Marília Campos e secretaria estadual de mulheres do PT, Andrea Cangussu, a mestre em Ciências Políticas,  Alessandra Félix,  e a secretária nacional de mulheres do PT, Anne Karolyna. A ex-secretária de educação de Minas Gerais, Macaé Evaristo e o deputado federal Reginaldo Lopes também estiveram no debate.
WhatsApp Image 2018-04-13 at 15.03.09