Fale com a Margarida

Mande uma mensagem para a Deputada que ela
te responderá em breve.

Gabinetes

Brasília - DF

Câmara dos Deputados Anexo IV, Gabinete 236
CEP 70160-900 Fax: (61) 3215-2236
(61) 3215-3236

Juiz de Fora - MG

Av. Barao do Rio Branco 2370, 1301
Centro - Cep 36016-910
(32) 3236-2857

Fale com a Margarida

Nota de Apoio e Solidariedade à Deputada Federal Alê Silva (PSL-MG)

Nós, Deputadas Federais do Partido dos Trabalhadores e das Trabalhadoras, tendo em vista as notícias veiculadas na imprensa no último sábado (13), de que a deputada Federal Alê Silva – PSL foi ameaçada de morte pelo Presidente da legenda em Minas Gerais e atual Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, vimos a público manifestar solidariedade à colega de parlamento.

Em que pesem nossas divergências políticas com o partido que a deputada Alê Silva representa, rechaçamos todo tipo de violência contra as mulheres e consideramos a violência política e o machismo são as ferramentas que mais impedem que nós mulheres alcancemos os espaços de poder e decisão.

Há pouco mais de um ano vimos a vereadora Marielle Franco ser assassinada no exercício da sua função e não podemos admitir que uma mulher, independentemente da coloração partidária, eleita pelo povo para representa-lo, seja ameaçada ou perca sua vida por exercer seu trabalho.

As promessas de morte e de “acabar com a carreira política” mostram faces da violência que as mulheres sofrem ao tentar ingressar nos espaços de poder e decisão e não recuaremos de continuar defendendo a autonomia, empoderamento e representação política das mulheres nos parlamentos.

Milhares de mulheres deixam de denunciar seus agressores porque não conseguem provas materiais, em especial quando elas são feitas por “interlocutores”; ou porque seu agressor ameaça divulgar fatos “difamatórios” na tentativa de desacreditar a vítima. Nós que combatemos a violência e lidamos todos os dias com esse assunto conhecemos o funcionamento da rede de ameaças às mulheres. Por isso, esperamos que a Polícia Federal dê prosseguimento às investigações e que apure, com imparcialidade e sem receio de retaliações, essa denúncia gravíssima.

Quando uma parlamentar é ameaçada, todas as parlamentares e as mulheres que se interessam por política são ameaçadas também. Por isso, solicitamos que os fatos sejam apurados e, após a confirmação, os envolvidos sejam devidamente punidos. Aguardamos ainda que esta Câmara dos Deputados possa acompanhar de perto o caso e oferecer a proteção que a deputada solicita, pois somente assim mostraremos nosso compromisso no combate à violência contra a mulher e o respeito que as mulheres brasileiras têm direito.

Brasília, 15 de abril de 2019

Subscrevem as deputadas federais:

Margarida Salomão – PT/MG

Benedita da Silva – PT/RJ

Erika Kokay – PT/DF

Gleisi Hoffmann – PT/PR

Luizianne Lins – PT/CE

Maria do Rosário – PT/RS

Marília Arraes – PT/PE

Natália Bonavides – PT/RN

Professora Rosa Neide – PT/MT

Rejane Dias – PT /PI