Fale com a Margarida

Mande uma mensagem para a Deputada que ela
te responderá em breve.

Gabinetes

Brasília - DF

Câmara dos Deputados Anexo IV, Gabinete 236
CEP 70160-900 Fax: (61) 3215-2236
(61) 3215-5236 | (61) 3215-3236

Juiz de Fora - MG

Av. Barao do Rio Branco 2370, 1301
Centro - Cep 36016-910
(32) 3236-2857

Fale com a Margarida

PT define estratégia por continuidade de investigação contra Temer

O plenário da Câmara dos Deputados coloca em apreciação, nesta quarta (02), a denúncia apresentada pela PGR (Procuradoria-Geral da República) contra o presidente Michel Temer (PMDB) pelo crime de corrupção passiva. Em reunião na terça, a bancada petista discutiu o andamento do processo, para traçar a estratégia sobre como atuar durante a sessão.

“Tanto a bancada quanto a executiva do Partido fecharam questão pela continuidade do processo contra Michel Temer.  A unidade da oposição recomenda que deixemos a base do Governo a obrigação de garantir o quórum”, destacou a deputada federal Margarida Salomão apontando a estratégia da oposição nesta votação.

A parlamentar juiz-forana reforçou a estratégia. “Nós não vamos desde logo dar presença. Entendemos que garantir o número mínimo de votação, 342 parlamentares, é uma incumbência do Governo. Não queremos de forma nenhuma ajuda o Temer a se safar. E ajudá-lo a obter o quórum é ajudá-lo a se safar. Como ele está numa posição de muita impopularidade, há muitos deputados que ficam nessa posição ambígua. São da base, mas não compactuam com ele. Não queremos ajudar essa gente”

WhatsApp Image 2017-08-02 at 11.27.39

Hoje, segundo informações da oposição, Temer possui uma base de 250 parlamentares. “Ele já chegou a ter 411 parlamentares. Então é um desmoronamento de sua base. E só tende a se agravar. O tempo é inimigo dele mesmo com as táticas fisiológicas: liberação de emendas, disponibilização para preenchimento de cargos por critérios políticos… Nesse momento temos um cabo de guerra: presidente tem uma impopularidade extraordinária, e a própria população já se manifestou desejosa que ele se afaste. Ao mesmo tempo, com a caneta na mão, ele faz o que pode para se blindar”, finalizou.