Fale com a Margarida

Mande uma mensagem para a Deputada que ela
te responderá em breve.

Gabinetes

Brasília - DF

Câmara dos Deputados Anexo IV, Gabinete 236,
(61) 3215-5236 - dep.margaridasalomao@camara.leg.br

Juiz de Fora - MG

Av. Rio Branco 2370, 1301, (32) 3236-2857

BELO HORIZONTE - MG
Avenida Barbacena, 1018, sala 805, (31) 3504-9736 margaridasalomao.assbh@gmail.com

Fale com a Margarida

“Resgate de pouco mais de 3 mil bolsas da Capes é uma vitória parcial”, afirma Margarida Salomão

A coordenadora da Frente Parlamentar em Defesa das Universidades Federais Margarida Salomão afirmou que o resgate das 3182 bolsas de mestrado e doutorado da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), anunciado nesta quarta-feira (11) pelo Ministério da Educação, é apenas uma vitória parcial da ciência no Brasil. “Temos que continuar na luta para termos uma política de estado consistente na área da pós-graduação, blindada desse tipo de volatilidade dos governos. Ainda há mais de milhares de bolsas a serem recuperadas. E há outras que não tiveram seus pleitos recuperados, como os programas 3 e 4”, destacou a parlamentar, lembrando que a Capes já havia anunciado o cancelamento de 11 mil bolsas, número que agora cai para cerca de 8 mil.

Foto Lula Marques

A ex-reitora da Universidade Federal de Juiz de Fora explicou porque resgatar apenas as bolsas dos programas 5, 6 e 7 da Capes, já consolidados e de melhor desempenho, é um equívoco. “Nas instituições recentes, criadas nos últimos anos, há os programas que ainda precisam de amadurecer. Em grande parte, esses são os programas 3 e 4. Neste momento, cortar o seu fomento é destruí-los. Isso é lastimável porque grande parte deles dirige-se ao novo público que está dentro da universidades brasileiras e também representa áreas novas de pesquisa, cultivadas por uma nova geração de pesquisadores”, resumiu a deputada.